• siga o )feminal( no twitter
  • comunidade )feminal( no facebook
  • comunidade )feminal( no orkut

Literatura feminista, um convite a reflexão

27 de abril de 2010

por Eloá Muniz

Ana Paula Fohrmann lançou no dia 06 de abril, na FNAC do Barra Shopping Sul, o romance A Amante do Lobo. O livro nos apresenta uma mulher de 42 anos, independente e professora universitária.

Ela mantém um relacionamento com um homem casado e mais velho até encontrar um jovem estudante que a faz repensar os padrões psicológicos, em que estabeleceu sua relação com o amante.

A história é marcada por influências de caráter psicoexistencialista, na linha francesa, ideias especificamente desenvolvidas por Simone de Beauvoir. A intenção da autora é conduzir o leitor, na forma quase de um diário, a uma reflexão sobre questões ainda tabus no universo do comportamento, tais como dominação e poder – no que se refere à figura masculina – e passividade e masoquismo – no caso da figura feminina. Também nos traz a França, e suas cidades-noir, principalmente seus dias solitários e chuvosos, quando um café, flores e vinho, além da ópera e a companhia de um bom livro, fazem toda a diferença.

Ana Paula Fohrmann tomou como base o livro de contos La Femme Rompue (A Mulher Desiludida), de Simone de Beauvoir e, particularmente, o mesmo conto que deu o nome a essa obra, que enfoca o drama do triângulo amoroso a partir do ponto de vista da esposa. A escritora carioca constrói seu romance da perspectiva da amante, aparentemente independente e bem resolvida internamente.

A sessão de autógrafos foi precedida de um bate-papo literário com a autora; a psicanalista, membro da APPOA, Marieta Madeira Rodrigues, e a Doutora em Literatura Francesa pela USP, Zilá Bernd sobre A mulher contemporânea e os ideais de Simone de Beauvoir.

Quem é Ana Paula Hohrmann

Nasceu em 1971, no Rio de Janeiro. É Bacharel em Direito e Mestre em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Em 2002, mudou-se para a Alemanha, onde se doutorou pela Faculdade de Direito da Ruprecht-Karls Universität Heidelberg, com bolsa de estudos do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). Paralelamente, fez aperfeiçoamento em Curso de Direito Internacional pela Académie de Droit Internacional de La Haye e estágio nas Nações Unidas, em Nova Iorque. Desde 2008 trabalha como pesquisadora, tradutora e editora jurídica. No final de 2009 concluiu seu Pós-Doutorado pela Universität Heidelberg. A amante do lobo é a sua estreia na Literatura.