• siga o )feminal( no twitter
  • comunidade )feminal( no facebook
  • comunidade )feminal( no orkut

Campeão brasileiro é dirigido por uma mulher

6 de março de 2010

Patrícia Amorim assumiu a presidência do Flamengo, dia cinco de janeiro, o clube mais popular do Brasil logo após a conquista do título brasileiro de 2009. Vereadora do Rio de Janeiro e ex-nadadora e vice-presidente de Esportes Olímpicos do clube, ela manteve além do técnico Andrade, grande parte do elenco campeão, inclusive o jogador Adriano. “Através diálogo vamos unir todas as tendências do clube e agir para o bem do Flamengo. Ele é nosso amor. Não é só um negócio, é também uma paixão e temos que aprender a superar isso. Os problemas do Flamengo podem ser resolvidos por quem está aqui dentro”, disse.
Para chegar à presidência, Patrícia teve de superar cinco candidatos. Ela venceu a eleição com 792 votos dos 2.342 contabilizados, 93 a mais que o segundo colocado.
“Ser a primeira mulher presidente do Flamengo, o maior clube do mundo, é melhor que qualquer sonho que eu pudesse sonhar. Eu sonhei e Cheguei”, disse.